MUSEU DE ALTERNE

Já por diversas vezes tentei mas não consigo encerrar o meu "negócio" secundário, a Casa de Alterne.

E por isso, sobretudo por teimosia, decidi converter a Casa numa espécie de arquivo para a minha selecção de postas preferidas de entre tudo quanto já publiquei neste ou noutros blogues.

São as minhas escolhas, ali reunidas para criar mais um suporte para arquivo e num ambiente silencioso (sem comentários, o que parece ser uma moda nos blogues recomendados por aí e adequa-se a um "museu" na perfeição), mais umas imagens que não publicarei aqui.

 

Para quem não tem pachorra para vasculhar os arquivos é capaz de ser uma forma de terem acesso fácil ao que, na minha óptica subjectiva, constitui o melhorzinho de que fui capaz.

 

E assim mantenho no "conglomerado" esqualo um dos seus espaços mais antigos e que em bastantes momentos muito jeito me deu.

Está lá, para quem o queira contemplar.

publicado por shark às 21:06 | linque da posta | sou todo ouvidos