A POSTA DISPARADA

ratatat.gif

Disparo com o meu olhar balas de desejo. Arma apontada ao centro da minha atenção. Toda tu. Um alvo feito de perfeição.
Atingida de raspão pela vontade de te chamar a mim, tocada de passagem pelo corpo que me denuncia o festim. Na alma também. O meu sorriso a confirmar.
Rasgo com os meus dedos os caminhos de sal na tua pele humedecida. Chamo-te minha no abraço que nos cola. No meu corpo que se enrola ao teu como se o quisesse absorver. A química letal. E o olhar apaixonado, semicerrado, afrodisíaco natural.
Quando me sentes em ti.
Rebento de prazer quando germina a semente da tentação que me despertas. Depois de escutar a tua voz, adubo, explosão. A mais bela expressão de um rosto coberto de maravilhas e de emoções.
Depois recarrego a arma com beijos, as minhas balas de gratidão.

E aponto ao coração, para te matar de amor.
publicado por shark às 23:51 | linque da posta | sou todo ouvidos