A MULTIPLICAÇÃO DOS SILÊNCIOS

No Gmail existe uma espécie de msn de bolso no qual se inclui um dispositivo que permite saber se um dos nossos contactos está acessível em cada instante. Há meses que não encontro nem um símbolo verde nesse grupo, mesmo quando poucos segundos depois de enviar um email a algum/a essa pessoa se revela, coincidência, online nessa altura.
No Hi5 o fenómeno é ainda mais bizarro. Já fui "convidado" para ser amigo de várias pessoas e aceitei uns quantos convites. Até à data nem uma palavra rendeu esse conjunto de amizades virtuais, mudas talvez por inerência.
E ainda existe o próprio MSN, onde sou em quem oculta aos outros o sinal da minha presença.

Ainda restam as caixas de comentários, nas quais parece instalar-se a moda de não responder de todo ou de responder apenas a quem apeteça.
E o email, esse antigo meio de comunicação cada vez mais reduzido a um veículo de retransmissão de paródias ou de apelos claramente fictícios?

Nunca na história da humanidade deve ter existido uma panóplia tão vasta de persianas corridas.
publicado por shark às 00:15 | linque da posta | sou todo ouvidos