A PERSONALIDADE DO ANO...

...Escolhida pela Time, o inefável Putin, continua na senda do protagonismo pela negativa.
Agora conseguiu bloquear os esforços da ONU no sentido de encontrar uma solução para o problema do Kosovo e, com essa intervenção em abono dos interesses dos aliados sérvios, poderá ter assente a primeira pedra em mais um futuro monumento à estupidez humana (caso a guerra efectivamente ecluda).

Na minha perspectiva Putin à frente da Rússia (no tempo soviético) e Bush na presidência dos Estados Unidos teriam escrito páginas bem diferentes da história do mundo (talvez as últimas) se o destino, tanta vez aziago, tivesse reunido esta dupla no poder há duas ou três décadas atrás.
publicado por shark às 23:15 | linque da posta | sou todo ouvidos