GOLPE DE TEATRO NAS ELEIÇÕES DO PSD

Quando tudo indicava que a imagem do partido não teria qualquer hipótese de salvação perante a bagunça instalada, Alberto João Jardim acaba de provocar uma reviravolta na opinião pública ao declarar que "não tem nada a ver com este PSD".

Os dois candidatos à liderança beneficiados por esta operação cosmética por tabela ainda não manifestaram em público a sua gratidão, embora conste que é por estas e por outras que se justifica a tolerância e mesmo a aparente concordância dos sociais-democratas para com as frequentes atoardas do líder do Governo Marginal, perdão, Regional da Madeira.
publicado por shark às 12:04 | linque da posta | sou todo ouvidos