A POSTA NA CONCHA

vieira1.jpg

Ela não me grama nem à lei da bala (e a culpa é toda minha) e acha que não sei escrever (e a culpa é toda minha, também). Temos perspectivas antagónicas em barda e divergências várias que nos colocam nos antípodas um do outro.
Contudo, seria uma arrogância da minha parte fazer de conta que não lhe reconheço o mesmo mérito que assumi na versão original do charco, quase um ano atrás: ela escreve muito bem e tem um estilo raçudo na defesa dos seus pontos de vista. Para o bem e para o mal é uma das minhas blogueiras de referência.

Hoje, dia do seu aniversário, entendi que seria uma boa oportunidade de lhe render homenagem e de lhe endereçar os parabéns que estou inibido de colocar na caixa de comentários do Controversa Maresia (de onde me baniu).
A vida é mesmo assim e a gente tem que aceitar as coisas como elas são. Porém, o talento nada tem a ver com as diferenças nos feitios ou com as turras que se geram entre as pessoas. E a Vieira, no meu modesto entender, possui o dom e faz falta a uma blogosfera cada vez mais precisadinha de gente capaz.

Parabéns para ela. Que conte muitos. E de preferência, sempre a blogar.
Tags:
publicado por shark às 16:34 | linque da posta | sou todo ouvidos