DO ALTO DESTAS PIRÂMIDES

Já enfrentaram uma daquelas fases em que decidem não se meter com ninguém e toda a gente entende meter-se convosco em simultâneo?
Sentimo-nos assim uma espécie de saco de pancada, com a única e quase exclusiva função de servir para outros descarregarem as suas iras e os seus azedumes, sem contrapartidas.

O instinto, nessas alturas, empurra-nos logo para o mecanismo acção-reacção à bruta. Contudo, a sobriedade que o bom senso impõe alia-se à inteligência residual e esta, num esforço extenuante, agarra-nos ao silêncio resignado e vira-nos a cara para o outro lado, oferece-nos uma distracção qualquer.

Distraio-me com a mumificação da sensibilidade alheia enquanto vejo a vida a esgotar-se no tempo que a desgasta, olhando para o futuro em busca de uma miragem de longa duração.

Mas já nem meio século me contempla…
publicado por shark às 17:53 | linque da posta | sou todo ouvidos