UM AR QUE LHE DEU

Ele aguardava angustiado em silêncio no isolamento que a sua condição impunha.
Nem um sinal lhe chegava por entre o halo de luz diante do seu olhar.

Mas nesse dia, finalmente, escutou a brisa (de um email) a soprar...
publicado por shark às 00:30 | linque da posta | sou todo ouvidos