ESTRATÉGIAS RUINOSAS

estrategias1.jpg

Num blog defunto que não vamos aqui mencionar e no âmbito de um post que ali publiquei, solicitei aos nossos caros telespectadores que participassem num aliciante passatempo: criar uma estratégia oblíqua.
Obviamente, levaram a coisa à letra e fizeram uma leitura oblíqua do texto - eu pedia apenas uma estratégia, uma síntese, uma essência, uma proposição de carácter genérico e abrangente, e houve quem apresentasse quatro. Não pensem que sou ingrato, mas gostava que ao menos na blogosfera me levassem a sério. No entanto, tenho de dar o braço a torcer - os nossos rádio-ouvintes até com uma perna às costas tiram coelhos da cartola.
Para tornar a leitura mais objectiva, baralhei um pouco a ordem original e identifiquei os autores por números. Sugiro que leiam as estratégias sem ver os nomes.


bica.gif


ESTRATÉGIAS OBLÍQUAS

Só tenho um problema se tiver solução para ele. (6)

Viste? Experimenta olhar de perto. (13)

Se alguma coisa não te parece estar suficientemente bem feita, é porque efectivamente não o está. (4)

Take one step ahead. Then fly if you can. (2)

No meio de uma discussão, não digas nada que possa vir a ser usado contra ti. (3)

Antes de saltares do precipício recua e vai embora. (9)

Ficar parado é como recuar. (12)

Quem não sabe, não mexe. (5)

Põe exagero em tudo o que fazes. (11)

Onde queres chegar? (14)

As ideias estão em todo o lado. Olha. (6)

Take one step back. Then focus. (1)

Trata-se de cultivar, não de salvar. (13)

O material tem sempre razão. (4)

Descobrir o lado humorístico nos maus momentos. (6)

Deixa cá ver o que acontece se carregar aqui. (5)

Espera, reescreve: talvez não seja tão genial como isso. (7)

Há coisas no mundo que não se comparam e as coisas são uma delas. (1)

Pensa. Depois, decide. (4)

Quanto mais se sabe mais se esquece. (8)

Há-de vir. (10)

Não se inventa. Inovar é reescrever a forma. (6)

Se já procurei por todos os lugares é porque está no primeiro lugar. (8)

Não fales antes de pensar se o que vais dizer faz mesmo falta. (3)

Vou comprar cigarros, mas volto. (9)

Ouve, e só a seguir fala. (3)

Se já procuraste e não encontraste é porque, só, não podias encontrar. (8)

Sente o apelo do precipício, do negro, da vertigem e da libertação. Antes de saltares, olha para trás, recua e vai embora. (9)

Se não sabes o que dizer, cala-te. (10)

Não penses mais nisso. (5)

Caminha o mais que puderes, chegarás lá um dia (e se te faltarem as forças, levanta um dedo que com companhia chegarás lá muito mais depressa). (12)

Movimento é hábito: desconstrói o passo; desconstrói o gesto. (13)

Avança: a primeira impressão é a mais expressiva. (7)

Pensa alto. (9)


bica.gif


AUTORES

1 João Pedro da Costa
2 Sharkinho
3 1poucomais
4 M.
5 Catarina
6 Maria Árvore
7 Onan
8 João Ribeiro
9 Vague
10 Mar
11 Cap
12 NOlimiar
13 Glória
14 derFred

postado por: derFred
publicado por shark às 14:37 | linque da posta | sou todo ouvidos