Segunda-feira, 09.06.08

E AS TRANSPORTADORAS AÉREAS, NÃO ALINHAM?

Se todos os empresários afectados pela crise em qualquer das suas vertentes optassem pela solução encontrada pelas transportadoras, e que teve início à meia-noite, a dita crise transformar-se-ia no mais absoluto caos.

Qualquer forma de protesto susceptível de prejudicar os interesses dos cidadãos alheios à luta desta ou de qualquer outra classe profissional ou empresarial, ou pior, de colocar em risco a sua segurança (marcha lenta equivale a multiplicação de ultrapassagens a veículos pesados) soa descaradamente a chantagem pura e dura.
 
De resto, o simples facto de o protesto dos camionistas (das empresas de camionagem) não partir da ANTRAM entrega a respectiva organização ao livre arbítrio dos desesperos financeiros de cada interveniente. Na prática, o bom senso fica entregue à turba e em Aveiras, de acordo com a SIC Notícias, parece ter dado origem a escaramuças.
E esse pode ser um episódio esporádico como poderá constituir o prenúncio do que estes protestos por “geração espontânea” podem gerar no contexto de um boicote sem regras claramente definidas e com uma organização necessariamente ineficaz no controlo dos excessos que se possam verificar.
 
A roçar a desobediência civil, dado existir uma associação representativa do sector em plena negociação com o Governo (que até tem dado sinais de capacidade nessa matéria, como a recente desmobilização dos pescadores – dos armadores? – comprova), esta tomada de posição dos camionistas (dos patrões) reúne os ingredientes necessários para se transformar num gigantesco paiol de problemas com detonadores disseminados pelas estradas do país (onde circulam famílias em gozo de férias e da ponte) que amanhã poderão transformar-se em campos de minas que em caso de bronca séria ninguém saberá como desactivar.
 
Nesta ordem de ideias, e apesar de reconhecer o direito ao protesto por parte de quem se sente lesado, não posso senão manifestar-me em completo desacordo com esta “paralisação”, como a pintam os respectivos organizadores.
 

E coloco-me do lado do Governo e das autoridades competentes mesmo que a sua actuação tenha que endurecer para pôr cobro a este rastilho de estupidez sobre rodas.

publicado por shark às 01:09 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (7)
Domingo, 08.06.08

WINDOWS XP(to)

esquinas do tempo

Foto: Shark

publicado por shark às 12:02 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (3)
Sábado, 07.06.08

SEMPRE EM PÉ

Enfrenta a adversidade sem vacilar, cabeça erguida. Nunca dês a causa por perdida, pois sabes e sentes que dentro de ti existem forças secretas à espera do toque a reunir em torno dos objectivos a que te propões.

Enfrenta fantasmas e leões com a mesma coragem, a do desespero se necessário, esgrime essa vantagem que encontras reflectida no espelho, no brilho de cada olho que te vê(s).
Arrisca o sonho impossível, uma e outra vez, a partir da realidade tangível que o destino coloque ao teu dispor, uma pequena vitória ou mesmo um imenso amor, e avança de forma determinada, abraça os desafios da vida em paz com a tua consciência.
 

A única atitude proibida é mesmo a desistência.

Tags:
publicado por shark às 23:52 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (9)

DUQUES!!!

Portugal 2, Turquia 0.

(Pepe e Raul Meireles)

publicado por shark às 21:50 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

HOJE ESTOU DE FOLGA...

amarrados a Portugal

Foto: Shark

publicado por shark às 15:02 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (7)
Sexta-feira, 06.06.08

ENTARDECER

tela sem autor definido

Foto: Shark

publicado por shark às 19:19 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (7)

MENOS UM COLECTIVO

O Ante-et-Post anunciou o seu fim.

E eu não gostei de saber.

publicado por shark às 10:55 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

ALEGRE DEMAIS

Quando um partido reage de forma hostil à participação dos seus militantes em iniciativas como a que gerou a polémica em torno de Manuel Alegre não pode arvorar-se de pluralista e tolerante.

 

Vitalino Canas representa tudo aquilo que detesto na bafienta mentalidade partidária que tem transformado os partidos em coutadas de grupos e de indivíduos que entendem a Democracia como uma realidade espartilhada entre a hipocrisia do politicamente correcto e o autismo que, de resto, tem vindo a afastar os cidadãos dessas organizações tão herméticas quanto repulsivas nas suas reacções por instinto à desobediência a uma disciplina que a Liberdade digna de tal nome não consigna nem pode aceitar.

publicado por shark às 09:55 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)

EU GOSTO DE PASSARINHAS

em busca da primavera

Foto: Shark

publicado por shark às 09:41 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)
Quinta-feira, 05.06.08

TALVEZ SE ADORMECER OUTRA VEZ...

Sonhei que tinha chegado ao poder em Portugal um gajo linha dura, daqueles que às vezes despontam na assembleia de condóminos quando está tudo aos berros sem decidir nada e diz “faz-se assim porque é o que a lei determina, o que o bom senso recomenda e o que mais beneficia os interesses do colectivo” e toda a gente amocha e a partir daí é ele quem manda no edifício.

 
Então o gajo do poder, no sonho, não pertence a qualquer partido mas a um movimento organizado de cidadãos e mal abanca no seu posto de trabalho começa a chamar Ministros e Secretários de Estado um a um e a retirar-lhes as mordomias excessivas, “para dar o exemplo”, e a impor-lhes a terrível angústia de auferirem um salário mais baixo do que no privado mas mais alto do que a esmagadora maioria dos compatriotas junto dos quais poderão recolher dividendos em orgulho de servir uma Causa Pública, uma Pátria, para compensar aquilo que perdem nas regalias sem nexo.
 
E depois esse gajo no poder incumbe os seus assessores (uma dúzia deles) de lhe fazer chegar à mesa um dossier detalhado acerca de cada um dos organismos do Estado cuja despesa em coisa supérfluas ultrapasse escandalosamente a média apurada para o funcionamento de organismos análogos em Portugal e em dois ou três outros países mais eficientes no controlo da despesa pública. Directores demitidos sem apelo nem indemnizações chorudas, embaraçados publicamente com a exposição dos seus despautérios caso vão para os jornais armados em gabirus. E nomeados os melhores naquela área específica, sem critérios partidários, ou melhor, sem outros critérios que não o do reconhecimento unânime da sua competência e subordinados a novas regras escrupulosas de controlo de custos e de avaliação periódica de desempenho.
 
A seguir, nesse meu sonho, o gajo no poder vira-se para os privados que comprovadamente abusem de situações de monopólio, que descaradamente pratiquem uma política de preços concertados e acaba-lhes a festa por via legislativa, aproveitando para endurecer de forma drástica as coimas ligadas a práticas incorrectas ou imorais, nomeadamente as mais poluidoras, e pressionando no sentido de o Código Penal prever pena de prisão efectiva para qualquer gestor público ou privado condenado por desvio de fundos, fuga ao fisco ou qualquer outro crime passível de afectar a confiança dos consumidores (com especial incidência nos sectores da saúde e da alimentação).
A corrupção passa a ser combatida como uma ameaça terrorista, com mão pesada da Justiça para os seus principais mentores.
 
E depois de dar o exemplo começando por cima, o gajo no poder que sonhei, apela aos cidadãos para o facto de um país não passar de um gigantesco edifício onde a balda de uns acaba sempre por lesar os interesses e o património dos outros e de como isso em última análise conduz à decadência de toda uma nação entregue à pilhagem generalizada e à bandalheira instituída pelos maus hábitos do passado, tentando motivar a população para alinhar numa reviravolta histórica que poderá conduzir o país a uma situação confortável e mesmo invejável por comparação com outros parceiros do mesmo campeonato no grande desafio europeu e mesmo mundial.
Aponta a defesa do ambiente como uma causa nacional prioritária, propõe condições para atrair os mais importantes centros de investigação científica internacionais e assume a Saúde e a Educação como principais centros da atenção do Estado, tentando envolver os privados sem com isso descartar a responsabilidade do seu Governo na eficácia do sistema e na universalidade da sua aplicação.
 

Mas o meu sonho não teve um final feliz. Acabou precisamente a meio desse discurso emotivo em que o tal gajo no poder electrizava milhares de pessoas com a sua capacidade de mobilização, num comício público, quando acordei assustado com o estampido do tiro com que alguém a soldo de outrem o executou de forma sumária.

Tags:
publicado por shark às 19:33 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (10)

HOPE

hope

Foto: Shark

publicado por shark às 15:45 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (3)

NA IMPOSSIBILIDADE DE O FAZER DE OUTRA FORMA...

Dou-te os parabéns assim.

(Como vês, não fui só eu que dei pela diferença para melhor...)

publicado por shark às 15:38 | linque da posta

JÁ NÃO TENHO

Um T1 para vender.

publicado por shark às 15:37 | linque da posta

OS MALUQUINHOS DA BOLA

Ele é o Pinto da Costa all over the place a propósito da iminente suspensão do FCP nas competições europeias.

Ele é o Mourinho a propósito do fim do seu longo defeso, a caminho do futebol spaguetti.

Ele é o inepto Postiga a propósito da (ahahahah) sua contratação pelo Sporting (que em troca cedeu ao Porto mais um dos seus jovens bem formados para brilharem nas casas dos outros).

E agora constou-me que até a programação do Rock In Rio foi alterada em função do jogo de estreia da nossa selecção.

 

É impressão minha ou neste país anda tudo a bater mal da bola?

 

 

publicado por shark às 10:14 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (10)

NO DIA DA MÃE...

...É costume mimá-las (as mães) com carinhos especiais.

Hoje, por acaso, é o Dia do Ambiente.

publicado por shark às 09:45 | linque da posta | sou todo ouvidos

EU GOSTO DE ANIMAIS

turbolenta

Foto: Shark

publicado por shark às 00:03 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (8)
Quarta-feira, 04.06.08

MIND GAMES

AOS MEUS OLHOS

 

Não há sensualidade como a que emana da força de um olhar e a que transpira de uma atitude construída a partir das certezas e da confiança em nós próprios, às quais só a inteligência e o carácter conseguem dar forma.
Tudo o resto salta à vista de forma espontânea, depois de devidamente sublimado o conjunto pela degustação antecipada das diferenças genuínas que tornam especiais as (poucas) pessoas que as cultivam.
 
O tesão que daí resulta jamais se esgota na rotina da carne ou no enfado inevitável da sensaboria vulgar.
publicado por shark às 12:21 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (15)
Terça-feira, 03.06.08

ALL THE WAY

caminho alternativo

Foto: Shark

 

publicado por shark às 23:10 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

E A BLOGOSFERA PORTUGA? PRA CIMA DE 100 MIL MALANDROS...

O buraco orçamental da Câmara de Municipal de Santarém ronda os seis milhões de euros.

Alguém, preocupado com outras ameaças terríveis, andou distraído na parte das contas...

publicado por shark às 22:41 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (5)

AFINAL NA AUTORIDADE...

...Manda a concorrência mais alinhada...

publicado por shark às 22:24 | linque da posta | sou todo ouvidos

OUTRO RAPAZOLA NO BERÇO

Chegou hoje ao nosso Berço mais um menino que bloga.

publicado por shark às 11:40 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

(LIS)BOA TODOS OS DIAS

sobrevoar lisboa

Foto: Shark

publicado por shark às 09:06 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (10)

O SACRISTÃO ELÉCTRICO

Mexia, presidente da EDP, tocou o sino na Bolsa de Nova Iorque.

 

publicado por shark às 00:27 | linque da posta | sou todo ouvidos
Segunda-feira, 02.06.08

A POSTA QUE DA FAMA NÃO TE LIVRAS...

De uma forma ou de outra, uma reputação precede-nos e arrasta consigo uma carga cada vez maior de tudo quanto a possa consolidar, as mentiras e as verdades, os factos e os boatos, as lembranças reais e as versões forjadas a partir de um ponto de partida qualquer.

 
Mas essa colecta de detalhes acaba por sobrecarregar a reputação, atrasa-lhe a passada.
E por isso é apenas uma questão de paciência até conseguirmos um dia ultrapassá-la e podermos então observar à posteriori as respectivas repercussões nas atitudes e reacções de a quem quer que seja que cheguemos primeiro do que essa sombra que, por norma, nos suplanta nas opiniões alheias que a nosso respeito se formam.
 
E como essas prevalecem, resta-nos aceitar com resignação e seguir o rumo traçado ou agir em conformidade para pelo menos essas expectativas não saírem defraudadas.   
publicado por shark às 23:57 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (5)

FERNÃO CAPELO

nenhum violino no telhado

Foto: Shark

publicado por shark às 23:23 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)

Sim, sou eu...

Mas alguém usa isto?

 

Postas mais frescas

Para cuscar

2018:

 J F M A M J J A S O N D

2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

2005:

 J F M A M J J A S O N D

2004:

 J F M A M J J A S O N D

Tags

A verdade inconveniente

Já lá estão?

Berço de Ouro

BERÇO DE OURO

blogs SAPO