PAUSA PUBLICITÁRIA

chlep.jpg


É grátis. Oferece leitura ligeira, consumível em pouco mais tempo do que demora a fazer a torrada da manhã.
Possui um jet set muito mais acessível (composto regra geral por anónimos pelintras e boçais) do que o da Caras (não estou a falar do Pacheco Pereira), proporcionalmente muito mais numeroso do que noutros meios sociais.
Permite o acesso a arquivos detalhados acerca das intimidades de outras pessoas, particularmente interessantes por nunca se saber se estamos no domínio da realidade ou da ficção. E é grátis.

Na maioria dos casos, o que não acontece por exemplo com os jornais e com os livros, permite a interacção por vezes praticamente em directo com o autor (estando até disponível a opção “insulto” nas já existentes ao alcance do utilizador comum).
É alvo de mais actualizações do que a agenda das redacções televisivas e possui, sobretudo no formato tablóide, um enorme manancial informativo acerca das relações institucionais entre os fazedores da coisa. Não existe monotonia neste produto que, não sei se já referi, é grátis.

Pela profusão de reproduções do trabalho de terceiros, é fácil encontrar seja o que for (dos outros) nesta maravilha moderna. E por vezes, sem custos adicionais, até encontramos pequenos trechos ou mesmo imagens da autoria de quem assina a obra (obra no sentido betonado da coisa)!
A optimização de recursos possibilita a mudança fácil de ambiente através de saídas de emergência estrategicamente colocadas no painel lateral ou inferior do trabalho em apreço, bastando um simples movimento da mão (menos complexo do que a mudança de uma folha em papel) para transitar com todo o conforto para uma das imensas alternativas ao dispor. Nenhuma unidade hoteleira possui um sistema de check out mais cómodo e eficaz!

O cariz multifacetado destes verdadeiros balões de ensaio da natureza humana faculta ao utilizador o acesso a autênticos tratados do escárnio contemporâneo, bem como inúmeros exemplos de suprema refinação das invectivas. Aprenda aqui a insultar com extrema elegância, com uma característica única no género (se efectuar a sua encomenda durante a leitura deste panfleto), inteiramente grátis, sem nunca apontar ou identificar directamente os visados! Um pacote de formação intensiva em analogias, metáforas e muitos outros expedientes de camuflagem das verdadeiras intenções de quem dispara e da verdadeira identidade das suas “vítimas” potenciais, em verdadeiros tiroteios de palavras que fazem as delícias e até podem provocar descargas de adrenalina ao utilizador mais permeável a este tipo de filmes de acção.

Descubra como se constrói um intelectual de pacotilha (Volume I: As Citações de Terceiros – Uma Imagem Marcante Com Um Esforço Irrelevante, incluído nos primeiros fascículos), uma imagem apelativa para pessoas absolutamente desinteressantes e insípidas (inclui o módulo “Como Obter a Beatificação em Meia Dúzia de Lances – A Operação de Charme II”) ou um grau de projecção impensável, mesmo que se trate de alguém incapaz de dar nas vistas na reunião de condóminos do seu edifício sequer! Tudo sem sair do conforto do seu sofá e, surpreendente, completamente grátis.

Desista na boa daquelas figuras patéticas, agarrado ao telemóvel na terceira fila dos mirones diante das câmaras de televisão. Porquê lutar pelos seus meros 15 minutos de fama quando pode obter aqui 15 semanas ou mesmo mais (apenas nos pacotes Pachorra Extra e Pachorra Vip)?

Não espere mais! Blogue como se a sua vida (ou a plataforma, se se tratar do modelo Weblog) acabasse amanhã! Apareça nos topes, seja atacado à bruta pelo palavreado inócuo de absolutos desconhecidos, alimente a ilusão de que lhe atribuem alguma importância!

Adira JÁ!
(É grátis…)
publicado por shark às 11:45 | linque da posta | sou todo ouvidos