BLOG DE SEXO

abusados.jpg
Com o derFred recrutado pelo Ruínas, tenho que recorrer às segundas escolhas...

É impossível resistir. Devem estar recordados da minha recente análise às expressões utilizadas nos motores de busca que trazem visitantes desprevenidos a este blogue.
Pois a coisa não pára de me surpreender. O título desta posta representa 15% do total das visitas do Charquinho que cá vieram parar via Google e afins. Curioso, não?

O sexo, essa magnífica aplicação que a maioria das criações do Altíssimo dão a alguns dos seus equipamentos de série (muitos até já incorporam acessórios na paródia – assim como os tectos de abrir dos automóveis -, sem desprimor para ninguém porque o meu carro até dispõe desse extra, de origem), essa exibição espantosa de criatividade e de sentido prático das criaturas engraçadas que somos atrai perto de metade dos buscadores do tubarão.
Senão, vejamos:

Ninfomaníaca – Aqui está a segunda prioridade da nossa estimada clientela. Tudo à fartazana. Verdadeiros corredores de fundo em busca de provas de alta competição, de desafios à altura do seu desempenho atlético. Categoria: Desportos Radicais. Secção: Modalidades Amadoras.

Sexo implícito – Esta é para as visitas que mesmo gostando da fruta desgostam vê-la exposta à bruta. Apreciam apenas uma espreitadela, de soslaio. Categoria: Seguros. Secção: Cláusulas das Condições Gerais da Apólice.

Boneco sexo – Posto desta forma, julgo que estamos a falar dos tais acessórios que referi acima. Nesse caso, Categoria: Instrumentos de sopro, Secção: Toys’Ur’Us

Como fazer sexo família – Acerca de como fazer sexo podemos partilhar a nossa perspectiva. Mas as questões familiares são tratadas noutro departamento. Categoria: Manuais de Instruções. Secção: Bizarrias.

Blogs picantes – A gastronomia condimentada popularizou-se bastante na ressaca do processo de descolonização. Sobretudo de Moçambique, os regressados das ex-colónias ultramarinas trouxeram consigo o apetite pelos sabores intensos e por algumas interessantes ervas aromáticas. Podem encontrar aqui, aqui e aqui algumas das minhas mais sólidas referências na matéria. Categoria: Culinária. Secção: Pantagruel kamasutra.

Mas os blogueiros anónimos buscam a resposta a outro tipo de questões, algumas mais directamente relacionadas com a alimentação. Outras, nem por isso...

Casulo sapateira – Sou um leigo na matéria. E prefiro não ver a minha sapateira transformada numa crisálida. Sobretudo depois de ter acabado de confeccionar o meu molho especial. Categoria: Engenharia Genética. Secção: Mariposas subaquáticas.

Bebida slow gin – ‘Where’s the fuckin bar, John?’ (Pink Floyd). ‘Show Me The Way To The Next Whisky Bar’ (The Doors). E por aí fora. Mas também servimos bebidas shake. Categoria: Barman. Secção: Cocktails que batam devagar.

Desenho de cartola – A arte mora aqui. Mas o desenho não é uma das especialidades do artista. Podemos, no entanto, encaminhar V Exas para um espaço apropriado para obter informação mais concreta sobre o tema. Categoria: Artes Gráficas. Secção: Tio Patinhas.
Coelhinhos fofos – Outra pequena confusão. Ó João Pedro da Costa, vê lá se consegues conceber um mapa para distribuição gratuita prá malta não se perder no caminho, fáchavôr. Categoria: Perdidos & Achados. Secção: Tendências suicidas.

Comando para televisão no telemóvel – Podemos sugerir um sofisticado sistema de controlo remoto do sofá, incorporado na lata de cerveja? Categoria: Tecnologias de Ponta. Secção: Cidadãos Auto-Imobilizados.

E, como habitualmente, distingo a escolha acertada. Ou seja, a expressão que mais me parece não trazer as visitas ao engano.

Blogger de mulher – Esta sensibilizou-me particularmente e até serve de justificação para a foto acima. Não sou de, mas tento ser para. Contudo, no Charquinho não fomentamos a discriminação sexual e tentamos ir ao encontro de todo o tipo de preferências. Blogger de homem também serviria, espero eu. Até porque de vez em quando falo de futebol. E de gajas...
publicado por shark às 11:56 | linque da posta