A POSTA NUMA COERÊNCIA GALINÁCEA

Eu devia poupá-lo, pois ao longo desta entrevista até se refere ao tubarão como um colunista inteligente, mas não posso fazer de conta que não vejo que ele terá, provavelmente, o mérito de transcender o absurdo que foi o PSD permitir que Santana Lopes chegasse a Primeiro-Ministro de Portugal. Depois disto, só mesmo o recrutamento do Tiririca (o da Madeira ou o do Brasil, embora o primeiro esteja mais disponível para a mudança de camisola).

 

Para não adormecerem podem saltar para o minuto 4:00, para verem e ouvirem os termos em que o homem das galinhas com pão no bico se refere a um ex-Primeiro Ministro do seu PSD.

 

Contudo, e aproveitem antes que a entrevista leve sumiço como a página do Facebook, é preferível saltarem até ao minuto 19:34 e ouvirem e verem o nobre laranja amarga casca grossa responder à pergunta da Judite: categóricamente não!

Esta categoria toda foi a resposta a uma pergunta directa: Fernando, se o convidarem para integrar as listas de deputados numas próximas eleições legislativas aceitará?

 

E o homem, poço sem fundo de coerência: NÃO, CATEGÓRICAMENTE NÃO.

 

E prossegue, confirmando o acerto da opção de Passos Coelho nesta aposta: Só há um lugar onde eu poderei ser útil à nação portuguesa, é na Presidência da República (minuto 19:59).

Não vale, é batota, perguntarmos nós agora: o PSD pretende depor Cavaco Silva para dar uma utilidade ao homem das galinhas com pão no bico ou pretende apenas utilizá-lo como complemento decorativo a algum jarrão da Dinastia Ming na São Caetano?

publicado por shark às 20:31 | linque da posta | sou todo ouvidos