NA PELE DO TEMPO

wet skin.jpg
Foto: sharkinho

O tempo não voa quando marca a distância mais longa entre dois pontos que se querem unidos num só. A saudade é a unidade de medição e cresce na proporção inversa ao tempo que falta percorrer.
A distância que o tempo acrescenta enquanto se arrasta pela espera de um dia que virá, sempre demasiado tempo depois. O mesmo tempo que desgasta e assim afasta quem espera do seu caminho original.
Desespera, afinal.

E eu sinto na pele a falta de tudo o que a tua lhe dá.
publicado por shark às 11:06 | linque da posta