A NATÁLIA DO TUBARÃO

SharkSerreta_lq.jpg
Não há como uma posta do rabo para alegrar a Consoada...

De maneira que é assim.
Pedaços de papel de embrulho e laços amarrotados um pouco por toda a casa.
Um bolo-rei, que parecia um ó, esculpido às fatias até mal se descortinar um cê.
Os fritos do costume.
As garrafas vazias de Anta da Serra (tinto) e do João Pires bem frio que a malta nunca dispensa.
A árvore de Natal e o presépio ainda presentes. Mas com a relevância menor das coisas passadas.
A lembrança de sorrisos rasgados, de afectos trocados, da magia retratada na fotografia tirada, para mais tarde emoldurar. A prenda prá tia no natal do ano que vem.

De maneira que foi assim.
Agora, só pró ano.

Outra vez.

caodorme1.jpg
...zzz...lombinhos de rena na grelha...zzz...
publicado por shark às 10:49 | linque da posta | sou todo ouvidos