A POSTA NO LADO NEGRO

Desapareceu um jovem colega da blogosfera, o Igor, presumivelmente atraído a uma cilada a partir da internet.

Ainda adolescente, reside em Loures, onde também estuda, sendo da escola que terá partido ao encontro do que se teme ser um predador daqueles para os quais nos fartamos de avisar os nossos filhos mas ninguém parece levar a sério.

 

O desaparecimento do Igor é mais um triste lembrete de como a internet constitui um viveiro para pedófilos e outros bandalhos a quem é fácil manipular as pessoas a partir de uma base de confiança virtual e, necessariamente, falível.

Nem há muito tempo correu também a notícia de uma mulher adulta violada num apartamento ao qual terá sido atraída igualmente pela net com o isco de uma falsa entrevista de emprego, o que vem consolidar o receio de que estejam de facto a desenvolver-se verdadeiros e perigosos artistas do embuste neste meio onde as ameaças e as defesas ainda travam uma luta desigual com nítida vantagem para as primeiras.

 

Torna-se imperiosa, face a este cenário, uma cautela redobrada quanto aos contactos efectuados por esta via, sobretudo quando estão em causa os mais novos a quem, como o exemplo do Igor ilustra, não bastam avisos e recomendações para entenderem os perigos como reais quando os contactos virtuais se convertem em analógicos.

 

E ficamos a torcer para que a triste história do Igor conheça um final feliz e rápido, pois nenhuma família merece viver um filme destes no seu Natal.

Ou em qualquer outra época de uma vida.

publicado por shark às 10:53 | linque da posta | sou todo ouvidos