BRANDOS COSTUMES

Ao que sei, e se calhar nem quero saber mais, uma criatura espancou a mulher até esta precisar de uma ambulância. Depois entrou na ambulância e disparou sobre a infeliz aos olhos da filha de ambos com cinco anos de idade. E depois ainda teve a presença de espírito para aproveitar o desmazelo da força policial que o revistou sem as devidas cautelas e, com uma segunda arma dos crimes, matar um soldado da GNR.

 

Tendo em conta o esquema normal das coisas neste país de Justiça com mão leve, daqui a pouco mais de uma década a criatura poderá cruzar-se com o caminho de qualquer um de nós.

publicado por shark às 00:03 | linque da posta | sou todo ouvidos