DOS ABSURDOS EM CATADUPA

petição publicitária

 

 


 

Concordo com a petição e até assinei o que a Susete me enviou. Contudo, a Gaija do Norte chamou-me a atenção para o discreto pormenor da publicidade com que são recebidos quantos se sentem motivados para contestar a medida em causa: a intenção da banca de taxar os levantamentos multibanco com a módica quantia de €1,50.

 

É insultuoso que a banca, demasiado poderosa, se sinta no direito de cobrar seja o que for por algo que antes louvou por ser uma forma de poupar em recursos (humanos, postos de trabalho) na sua estrutura.

Mas não deixa de ser ridículo que encontremos numa iniciativa assim publicidade a produtos bancários, sobretudo com referência a penalizações chorudas que reflectem a ganância desmedida destas instituições do demo.

E é isso que me perturba, a ausência de escrúpulos ou de bom senso que está presente tanto no motivo que justifica a petição em causa como no critério de selecção da publicidade que a "suporta".

 

Eu não suporto, esta falta de dignidade que permitimos a quem detém o poder (nomeadamente o financeiro). E por isso recomendo que assinem a petição e se insurjam de alguma forma contra o desplante de quem a permite conspurcada desta forma.

publicado por shark às 14:23 | linque da posta | sou todo ouvidos