ALMA ESPELHADA

 

Viu no espelho o reflexo de um homem mais velho, um homem grisalho cujo rosto divergia ligeiramente do que pensava e afinal lhe mostrava um homem diferente do que esperava encontrar.

Viu tudo aquilo que lhe serviu para abraçar o que da vida pudesse levar, enquanto durava, na bagagem das memórias (não as que deixava, efémeras como traços de giz).  

 

No final das suas histórias para a quais reclamava, com uma postura sincera, um desfecho feliz.

 

Tags:
publicado por shark às 19:28 | linque da posta | sou todo ouvidos