SIGO AS ESTRELAS NO CÉU

A estrada que começa aqui. Um novo ponto de partida para um lado qualquer assinalado no mapa da vida que nos compete percorrer.

Uma estrada que nos pode levar a locais desconhecidos da nossa essência, o prazer da descoberta das coisas que mantemos numa gaveta secreta em sereno torpor. Talvez o caminho para um amor diferente, um que seja consciente das limitações que sempre envolvem as emoções na quais mergulhamos com uma estranha surpresa. Como se os sentimentos fossem algo de extraordinário e não a verdadeira dimensão de tudo aquilo que de bom podemos apreciar.

 

As emoções como paisagem ao longo de uma viagem durante a qual precisamos parar para sair para podermos sentir de perto o apelo que por vezes nos desvia da estrada que tomamos por principal, em igualdade de circunstâncias com as muitas desilusões, acidentes, que nos empurram para atalhos que só nos metem em trabalhos capazes de nos desviarem a atenção do essencial.

O papel da ilusão que precisamos afinal de alimentar e por isso nos empenhamos em lutar pela causa que abraçamos e nos acelera o coração.

A auto-estrada da emoção, mais rápida para transportar quem queira de facto viver sem passar ao lado das oportunidades perdidas, os pedaços desperdiçados das vidas que acabam por resultar em amargura e em remorso numa altura em que já pouco ou nada há a fazer.

 

A estrada que começa aqui. Sem que possamos saber para onde nos levará amanhã e ainda menos depois. Uma vida fácil a sós ou o amor vivido a dois, mesmo complicado. Um caminho que deve ser abraçado sem falsas expectativas ou demasiadas ambições, com cruzamentos que constituem opções a tomar. Um caminho sem rumo possível de traçar numa carta, tentamos apenas optar pela direcção mais certa e podemos entregar ao coração ou à cabeça a decisão que nos sirva melhor.

 

Eu escolho sempre o caminho do amor e é esse que me levará ao destino que sempre quis.

E na minha estrada que começa aqui, todos os dias, jamais existirão barreiras ou carris. 

publicado por shark às 17:45 | linque da posta | sou todo ouvidos