SEXO, NA SUA MAIORIA

caught.JPG

Descobri, pela leitura de uma posta do Ruínas – esse manancial de descobertas, um recurso das estatísticas deste blogue que passará a constituir um tema mensal para a reflexão acerca do Charquinho e do tipo de pessoas que o procuram.
Não levem demasiado a sério esta introdução. Atribuo ao referido recurso apenas a importância inerente a um tópico passível de alimentar uma posta típica de um feriado. Como esta.

Assim sendo, partilharei convosco uma amostra representativa das expressões utilizadas nos motores de busca para encontrarem este caminho para a salvação, esta lufada de peixe fresco na blogosfera nacional e estrangeira. São indicadores do que procuram neste estranho mundo da internet algumas das pessoas que a frequentam. Interessam-me para já as que vêm cá parar. E como...

‘Sexo implícito’ – Esta visita não veio ao engano. Temos sim senhores, nas entrelinhas.
‘Blog de sexo’ – Parece-me excessiva a definição. É mais de nexo. A causalidade é a minha. E a vossa, também, bem vistas as coisas.
‘Bigamia’ – A sua dúvida é mais exactamente...?
‘Imagens picantes’ – Hoje temos um biriani de borrego. Visto de cima.
‘Sexo boneco posição foto’ – Vou ver. Mas acho que não temos...

As expressões acima podem ser integradas na categoria Sexo - Diversos. Sempre um must.
Mas as seguintes são mais ambíguas, podendo partilhar categorias.

‘Fucking republicans’ – Vai ser mais o contrário, nos anos mais próximos. A menos que não estejamos a falar de política.
‘Como fazer uma sapateira’ – Aqui há duas hipóteses. Ou estamos a falar do maravilhoso bicho com pinças e eu faço um molho cinco estrelas mas não dou a receita. Ou estamos a falar de uma senhora que conserta sapatos. Fica na categoria de Gastronomia & Culinária. Secção Mariscos. Ou em Pormenores da Criação. Secção Mariscos na mesma.
‘Charadas homens correm da chuva’ – Os mais sensatos, sim. Os restantes constipam-se. Porquê, não sei. Por isso, categoria Atletismo – Pista Coberta.

E para terminar, duas que me sensibilizaram particularmente. Quem veio parar ao Charquinho a partir de uma das seguintes expressões bateu à porta certa.

‘Amigos virtuais’ – De braços abertos para os receber.
‘Combinação de palavras sem sentido’.
Palavras para quê?
publicado por shark às 20:47 | linque da posta