A POSTA NA LUBRIFICAÇÃO

afrodisiacos naturais.jpg

Depois de semanas, meses, a encontrar na caixa do correio os folhetos do costume (hipermercados, serralharias, excursões com oferta de tupperware e aparelhos auditivos grátis), foi com agrado que deparei com a apresentação cor-de-rosa da Erosfarma Intimidades.
Como o nome indica, esta empresa está vocacionada para o mercado do prazer. De resto, a foto de uma jovem esbelta com a mão na anca e expressão de actriz porno ladeando a linha completa de massajadores, lubrificantes e afins não deixa margem para dúvidas. "Prometemos melhorar a sua vida sexual!" Não fazem a coisa por menos.

Estou sempre receptivo às novidades nesta área, pois o progresso tecnológico faz antever verdadeiras revoluções na parafernália ao alcance dos(as) mais arrojados(as). E dos mais necessitados(as) também.
Por isso não juntei o folheto pink às recomendações da leopoldina para o Natal Comercial no cesto do lixo e decidi dar uma vista d'olhos (só para ver as ilustrações, claro) ao que a empresa (há 11 anos em Portugal - como é que eu não dei por isso?) propõe à vasta clientela potencial.

Logo à cabeça as Kraftdragees, as drageias da potência. O Zé, de Setúbal, another satisfied customer, refere que apesar de reformado ele e a Maria gostam de ter a sua vida sexual e pimba nas drageias que ligam o turbo e dão cabo do início de noite ao Chico e à Amélia do segundo direito que, lamentavelmente, afixaram o autocolante amarelo na caixa do correio e ficam assim privados da "extraordinária bomba de potência" que custa pouco mais de 14 euros. Uma pechincha.

Depois vêm as "super gotas" afrodisíacas que misturadas em qualquer bebida fazem com que uma pessoa não consiga deixar a "cama" (entre aspas, tão a ver?). Indicadas para diabéticos! Este artigo não me entusiasmou pois não necessito de gotinhas para exibir essa incapacidade terrível de deixar a cama. Todas as manhãs, não falha uma...

Mas há mais, no catálogo Outono/Inverno da Erosfarma.
O melhor creme para os amantes de sexo. Recomendado para bolas de berlim! (Isto sou eu a brincar) A Inês, de Ovar, afirma o seguinte: "Tenho sempre alguma dificuldade em excitar-me, mas depois que o meu marido me aplicou Erotisin Creme, tudo se tornou mais fácil, até para ele!". Mais fácil o quê? - , perguntarão.
É que o creme, devidamente barrado, actua exactamente onde é aplicado, nos centros de prazer do homem e da mulher (ou seja, directamente no cérebro).

Não liguei ao perfume com feromonas, mas não deixei de reparar no facto de o P, de Lisboa, colocar a seguinte questão: "a verdade é que as mulheres caem-me todos os dias no colo quando vou no autocarro, será coincidência?!"
Talvez seja coincidência, P, mas à cautela eu começaria a ceder o lugar às senhoras sem as forçar a medidas tão radicais e que, em circunstâncias extremas de inclinação da via e de peso da passageira podem causar danos que nem as drageias de potência conseguem contrariar.

Passei então ao artigo que mais chamou a minha atenção, pela fotografia. No que à primeira vista me pareceu um aparelho medidor de tensão, o Seaman's Pump, estava afinal um pequeno ginásio para o atleta de barguilha. Uma bomba de vácuo para exercitar o pénis, destinada a "desobstruir os corpos cavernosos" do dito. E ainda promete um "aumento generalizado do pénis". Generalizado, note-se. E ainda remove as obstruções dos corpos cavernosos (faz impressão, um gajo saber que tem coisas destas num sítio daqueles...).
Confesso que não me imagino a enfiar o meu apêndice pela "manga interior em silicone com saliências massajadoras" adentro e dar à bomba como se estivesse a encher os pneus da bicicleta, mas uma pessoa nunca sabe o dia de amanhã e quando começa a cair-nos o cabelo tememos logo que nos vai cair também a força na verga (pardon my french).

À cautela, guardarei o folheto. Nem que seja para ter à mão o contacto de quem me pode fornecer o "Super Pacote Surpresa", um kitkeka que inclui um vibrador em borracha, um lubrificante neutro, um afrodisíaco em gotas, 3 preservativos neutros e lubrificados (trazem feita a revisão dos 5.000), um óleo de massagem super deslizante, um slip sexy para ele, um slip sexy para ela e a surpresa de um brinde Erosfarma (que imaginamos não ser um colete reflector nem uma frigideira anti aderente).
E terei sempre à mão os contactos desta Super Empresa para os ceder a qualquer colega que se veja confrontado com aquele problema que, de acordo com o Nicolau Breyner, afecta meio milhão de portugueses.

Só assim poderão juntar-se ao Alberto, um idoso de Almada, que afirma "ter desenvolvido uma língua com aumento generalizado e potência extra para as mais variadas brincadeiras". Embora reconheça que o Wild Climax, lubrificante íntimo à base de água, não gorduroso, não tenha produzido os resultados esperados a "reduzir a fricção na zona mais sensível da sua anatomia traseira".
publicado por shark às 11:12 | linque da posta | sou todo ouvidos