BANCO BORGES & RESCISÃO

Uma ilustre eminência meio-parda ligada ao PSD, António Borges, acusa o Governo de rescindir o contrato com o banco onde trabalha, por retaliação a declarações suas que terão caído na fraqueza ao Executivo.

 

A coisa está a ser anunciada pela Imprensa como um escândalo, como se fosse novidade o facto de que dita as regras quem mexe os cordelinhos e por isso a malta agarra-se tanto ao Poder, porque manda quem pode.

 

E quem pode, na prática, é afinal o mexilhão.

publicado por shark às 19:00 | linque da posta | sou todo ouvidos