MAU FEITIO? NÃO TOU A VER...

É raro pedir conselhos aos outros. E isto não tem nada a ver com a minha certeza no cagar, mas apenas com o facto de não arriscar a deselegância de fazer precisamente o contrário do que me recomendam.
É que colocando-me na pele dos outros, os poucos a quem poderia recorrer para o efeito, sinto sempre um estranho desconforto quando os imagino nesse papel confrangedor de terem que especular acerca da minha decisão oposta.

E no lugar deles, confrontados com essa forma de desautorização, com esse atestado de irrelevância, jamais voltaria a disponibilizar-me para tal função.

publicado por shark às 19:40 | linque da posta | sou todo ouvidos