FILTROS DE COR

balões disney.JPG
Foto: Shark

A vida pelos olhos de quem observa, debaixo de uma ponte, aquilo que acontece num mundo ao qual já nem sente pertencer.
A vida pelos olhos de quem assiste, a bordo de um iate, ao passar do tempo de qualidade que a distância abastada proporciona.
A vida pelos olhos de um pai, num hospital de campanha, com um filho morto nos braços por uma doença que o outro lado do mundo há muito erradicou.
A vida pelos olhos de quem ignora, na fila de trânsito, outras preocupações que não as da sua realidade comezinha e saturada de pressões.
A vida pelos olhos de quem acredita, no interior de um confessionário, que aquilo que se vive de melhor só acontecerá depois de morrer.

A vida a acontecer aos olhos de quem não selecciona mas apenas distingue os filtros de cor que o acaso aplica consoante os tempos e os espaços destes mil mundos possíveis num mundo camaleão.
Tags:
publicado por shark às 11:08 | linque da posta | sou todo ouvidos