OBITUÁRIO ENGANOSO

Recebi há pouco um email assinado por "phantom" que me acusa com grande indignação de ter induzido a malta em erro com o título da posta anterior. É que houve quem pensasse que se tratava dos meus cumprimentos de despedida e as rolhas do espumante rasca (não, se calhar era champanhe franciú...) começaram a saltar em vão.

Palavra que foi sem querer, têm que acreditar em mim desta vez. E foram passarocos se cairam na esparrela, como disse ao/à "phantom" (mania dos nicks em inglês... Shark, por exemplo, é um nick tipicamente algarvio estival), pois qualquer um/a topa que eu ando numa boa e com pouca vontade de me pirar desta comunidade tão acolhedora.
Além disso, vamos lá falar a sério, iam dar pela falta da pompa e das outras cenas que me tornam num blogueiro mais execrável do que a maioria e, por isso mesmo, indispensável para quem precisa de destilar um nadinha de hostilidade em cada dia.
É uma catarse que ajuda a lidar com o resto das coisas que irritam, acreditem. Se eu basar, quem me substitui nesse papel? Qualquer um, eu sei, mas tenho que ser coerente perante as pessoas a quem dirijo este parágrafo e dar a pala de vaidoso, de mete nojo, de tudo aquilo que faz de mim e deste blogue um excelente alvo para dardos virtuais.

Por outro lado, e por muito que até a mim surpreenda, há malta que gosta. Eu sei que há quem goste das coisas mais esquisitas, mas a vida é mesmo assim e uma pessoa tem que se adaptar a estas contingências.
E somando os que gostam aos que desgostam, mais o gozo que isto (ainda) me dá querem que faça o quê? Que plagie o Fukuyama ou outro consagrado qualquer e dê de frosques assim sem mai nem menos?
Phantom, pá, insisto: foi sem querer e garanto que nunca me passou pela cabeça transmitir essa ideia, criar essa falsa expectativa. E digo aqui para todos verem o que te disse em privado: mandem a factura das garrafas desperdiçadas e eu assumo os prejuízos (não vale a pena guardarem no frigorífico porque perdem o gás entretanto).

Já basta a neura que provoco a alguns. E a saúde, meus amigos, essa não há preço que a pague...
Tags:
publicado por shark às 22:07 | linque da posta | sou todo ouvidos