A POSTA REQUERIMENTO

brasao2.jpg

Exmo. Senhor Director do Instituto Não Sei das Quantas que Faz Ninguém Sabe Exactamente o Quê:

Serve a presente posta para solicitar a V. Exa. se digne dar provimento ao meu pedido.
E o meu pedido é que V. Exa. vá pró raio que o parta caso pretenda insistir em me sobrecarregar a mona com o preenchimento de impressos à pazada e a elaboração de missivas com base em minutas de mil novecentos e troca o passo de cada vez que preciso de uma merdinha qualquer.

De acordo com a portaria que regulamenta a norma que dá origem ao despacho que se baseia no texto do Dec. Lei número X, alínea Y do código deontológico do cidadão que tem mais o que fazer do que aturar estas mariquices burocráticas, registada no livro W, folha Z, a perda de produtividade subsequente ao desgaste nervoso de quem enfrenta estes processos arcaicos, absurdos e abstrôncios que insiste impor e à qual se soma o tempo efectivamente gasto a preencher a papelada nos moldes que endendeu V. Exa. serem os adequados à simples requisição de uma licença, de uma permissão ou mesmo de um documento qualquer (quantas vezes uma reles fotocópia sumida pela qual pagamos um dinheirão) constitui por si só um atraso de vida que explica em boa medida o passo de caracol a que este país avança.

Certo de que V. Exa. tudo fará para, na sequência da presente, punir a minha insolência com uma demora no dito provimento que fará com que eu desista do mesmo ou opte por fazer a coisa à revelia, subscrevo-me com a elevada consideração que só uma hipocrisia sem paralelo poderá consubstanciar e fico a aguardar expectante as suas prezadas notícias.

O requerente
publicado por shark às 13:12 | linque da posta | sou todo ouvidos