STRIP (TEASER) - Reloaded...

inside my head.jpg

Desaperto com toda a calma do mundo cada um desses botões que me separam da tua pele que anseio tocar. Um a um, olhos nos teus. Seios por debaixo do tecido, sem rodeios assumo que desejo a minha boca nesse peito que adivinho coberto pela roupa que desaperto com toda a calma que o mundo contém.

E tu não me dizes para parar e eu continuo a avançar, dedos sem pressa na pele falsa que te cobre verdadeira a tua que anseio mas receio tocar cedo demais. O teu tempo a comandar e eu bem tento abrandar o movimento, este coice no meu peito a cada milímetro mais perto do calor que emanas. Do olhar que me apontas como um revólver cheio de balas de amor e esvazias o carregador na minha mente possessa que tanto se esforça por me conter em câmara lenta neste filme que projectei.

Finalmente desapertei o último botão com os dedos da minha mão que afasta com delicadeza a barreira que me separa dessa pele que me cobre o pensamento em tom de fogo igual ao do teu olhar agora.
O respeito que me demora, o teu tempo a comandar e eu bem tento desacelerar a vontade destravada que me atrai os lábios para os teus. O beijo de um anjo com boca de cetim e o demónio a brotar nas chispas de um olhar que me abraça em sentido figurado, adereço preparado para te encantar enquanto me lês.

Nas ideias que não vês mas tentas imaginar, curiosa.
Nas palavras que despem a minha tentação libidinosa.

(Na minha insensata nudez.)
publicado por shark às 00:41 | linque da posta | sou todo ouvidos