PELAS PIORES RAZÕES

Moscavide foi palco para uma peça da SIC Notícias no âmbito da cobertura noticiosa do referendo.
Em causa está uma mesa de voto sita na escola primária da vila e onde os eleitores puderam ao longo do dia confrontar-se com um crucifixo por cima da mesa de voto.

É para mim incompreensível a presença do símbolo religioso, qualquer um, durante o período normal de funcionamento de um estabelecimento de ensino.
É aberrante a sua presença no contexto de um referendo como este.

A culpa morrerá solteira, claro. Mas os responsáveis são perfeitamente identificados pela Comissão Nacional de Eleições: compete às autarquias retirar esse tipo de símbolos dos espaços onde decorrem actos eleitorais.

A Junta de Freguesia de Moscavide, socialista(!), inoperante e cada vez mais instalada numa maioria absoluta permanente que não tem sabido merecer, continua a somar pontos negativos aos olhos de uma população que teima em acordar para a nefasta insistência numa escolha cujos resultados estão à vista.

Agora também, para vergonha da freguesia, a nível nacional.
publicado por shark às 19:30 | linque da posta | sou todo ouvidos