VEM AÍ CHUVA...

watch out.jpg

Quem me acompanha por esta via há uns tempos já reparou que de vez em quando reajo a provocações de colegas. Pequenas picardias, coisas inconsequentes e dispensáveis. Por essa ordem de ideias nem deveriam ocupar este espaço e o vosso tempo.
Todavia, o meu feitio impulsivo arrastou-me por diversas vezes para autênticas peixeiradas verbais das quais acabo sempre por me arrepender (e razões não faltam).

Com o tempo fui aprendendo a controlar melhor essa tendência para a reacção a quente, seguindo os bons exemplos dos mais rodados neste meio. E cada vez menos adiro ao conflito aberto com palavras duras, optando pela abordagem humorística. Ironia, sarcasmo e outros mimos com que também eu me vejo presenteado com relativa frequência e que muito me lisonjeiam por me ver importante ao ponto de justificar o tempo e o engenho de alguns/algumas artistas em minha honra.

É justo que retribua essa dedicação, mantendo a presença de espírito necessária para não me permitir excessos de linguagem ou más ondas que caem mal e são uma seca para quem nada tem a ver com as questões ou as pessoas em causa. E claro, tentando sempre construir as postas com base em textos bem esgalhados ou imagens baris que pelo menos não chateiem quem leva com esses apartes na minha postagem habitual.

Assim sendo, quando não perceberem patavina de algo que aqui publique podem apostar que alguém perceberá e dificilmente irá gostar desse troco a que raramente me escuso quando me decifro visado no meio de alguma paródia por parte de quem até gosta de acusar os outros de morderem pela calada.

Eu faço parte desses outros. E como um esqualo que se preze, nunca dispenso uma boa dentadinha…
Tags:
publicado por shark às 18:37 | linque da posta | sou todo ouvidos