RECUSO-LHES O ESTATUTO DE SER HUMANO

passarinho gregorio.gif

Foi desmantelada mais uma rede enorme de pedófilos dedicados à pornografia infantil. A minha primeira reacção é a de alegria por saber mais alguns vermes impedidos de fomentar tamanha aberração. A segunda é a de nojo por saber que são tantos, espalhados pelo mundo inteiro, estes alienígenas psicopatas capazes de uma coisa assim.
E por mais voltas que dê à pouca razão que a repulsa e o ódio visceral me permitem não consigo encontrar a mais rudimentar explicação, a mais pequena pista para que este desvio odioso faça algum sentido.

Se calhar é uma missão impossível, do ponto de vista de qualquer lógica racional, explicar criaturas capazes de encontrarem algum tipo de gozo ou de satisfação nas imagens de crianças em tais propósitos. E nem falo da “estética” doentia que possam descortinar onde um ser humano normal só vê puro horror, falo do que esta realidade implica em toda a sua dimensão.
Falo de crianças raptadas, violadas, exploradas como bonecas de trapos para a satisfação de uma tara destes animais. Falo de famílias destruídas pela sua perda. Falo de muitas variantes, todas horríveis, de sofrimento.
Falo de dor.

Se calhar não há mesmo volta a dar a uma monstruosidade inexplicável, exceptuando combatê-la por todos os meios ao alcance e sem qualquer tipo de complacência, misericórdia ou perdão.
Tentações não há quem as não tenha e todos temos de reprimir as que sabemos erradas. Mas estas são abjectas, cobardes, cruéis, moralmente indefensáveis.

Se calhar não encontro uma explicação porque ela não existe, tal como não admito atenuantes para um crime tão hediondo assim.

E tenho pena de não existir uma sentença capaz de reproduzir nestes sabujos todo o mal que a sua presença, directa ou indirecta, na vida das vítimas inocentes lhes causou.

Tenho ainda mais pena de não me nomearem o respectivo executor.
publicado por shark às 22:55 | linque da posta | sou todo ouvidos