ISRAEL DESMENTE...

...Mas eu acredito na notícia que dá como certo um plano de ataque às instalações nucleares iranianas.
E mais: também acredito que poderá envolver o uso de armas "proibidas" por parte da aviação israelita.
Aqui surge um conflito interior muito "ocidental". Se, por um lado, ninguém se pode sentir descansado com a simples hipótese de existirem (virem a existir) armas nucleares no país dos ayatollas e tal ameaça constitui um papão do tamanho do mundo que urge de todo evitar, por outro lado a complexa realidade de um planeta já de si conturbado marcada por um ataque nuclear "sionista" a um país islâmico (a um país, ponto) adivinha-se caótica e impossível de antecipar em todas as consequências de um desastre assim.

Ou seja, temos de um lado um fantasma que intimida o nosso prezado e mui civilizado modelo de sociedade e do outro um "aliado" que não prima pela moderação nas suas intervenções e pode dar o empurrão que falta ao asneirão do parceiro que se atolou no vietname iraquiano.

Pelo meio temos uma carrada de gente comum que acredita ou não num deus qualquer e que só pode limitar-se a fazer figas e... seja o que Ele quiser.

Que nos valha...
publicado por shark às 11:14 | linque da posta