CORREIO DO LEITOR

correio do leitor.JPG
Foto: Shark


As pesquisas nos motores de busca são uma fonte natural de visitas para um blogue ou um site na internet. E algumas são particularmente curiosas e dizem muito(?) do tipo de pessoa que frequenta este mundo virtual.
Contudo, não me arvoro de aprendiz de psicólogo e pouco me interessa traçar um perfil de quem visita o charco ou, ainda menos, expor as pessoas a qualquer tipo de ridículo que, na prática, já seria ridículo da minha parte assumir nessa perspectiva.

Tudo isto para inaugurar mais uma rubrica pontual que constará da postagem neste espaço, com o título desta posta, e cujo objectivo será precisamente fornecer as respostas a quem as procurou obter. Ou seja, para não defraudar as expectativas de quem buscava e, em simultâneo, certificar-me que a próxima questão dessa natureza encontrará uma solução onde antes ela não existia.
Por outro lado, existe quem procure não uma resposta mas uma imagem. Na medida do possível, tentarei encaminhar os visitantes para o local apropriado ou fornecer aqui a dita cuja.

O meu objectivo é conferir maior utilidade a este trabalho e ao mesmo tempo ajudar a incluir a blogosfera no roteiro habitual dos internautas.
Mal não faz. E sempre ajuda a diminuir a dor de cabeça de encontrar um tema para as postas do dia.
E vamos então ao que interessa, resultante da minha primeira selecção:

Imagens picantes - É das pesquisas mais frequentes. Não custa nada: encontram-se em quantidade e em qualidade aqui.

Como faço para viver um amor sem ciúme - Esta é um desafio, quase uma missão impossível. Mas cada um de nós tem a sua concepção teórica (sublinho o teórica) acerca dessas matérias tão sensíveis.
O senso comum diz-nos que a confiança absoluta (tanto no/a parceiro/a como em nós próprios) é meio caminho andado. E acredito que não podemos confiar ao livre arbítrio do coração, das emoções descontroladas, a gestão desse sentimento que só serve para nos angustiar e infernizar a existência e a relação, bem vistas as coisas...

Teste para sabermos o nosso futuro - Sugiro esperar que ele aconteça, usufruindo ao máximo cada momento desse período de expectativa. Quando lá chegamos, ficamos logo a saber o que queríamos e entretanto vivemos despreocupados e a fazer cenas muito mais giras do que testes em bolas de cristal ou similares.
E sem o efeito surpresa a coisa perde um bocado a piada, não é?

Tamanhos dos penis pretendidos pelas mulheres - Presumo que se trate de um leitor, pois parece-me que somos nós gajos quem mais se preocupa com essa questão. Na minha opinião, os tamanhos mais generosos têm mais "procura". Mas sinceramente, apesar de não ser um sobredotado nessa matéria fui ganhando a convicção de que elas preferem um pénis de tamanho médio agarrado a um gajo em condições do que um estandarte tamanho 25 a brotar de uma besta acéfala.
Claro que a gente, gajos, não percebemos boi do que lhes vai na cabeça nessas coisas e só podemos dar palpites.
Ainda assim, o tema é fascinante e todos temos o direito à especulação acerca destas "aflições" de macho.
Agora mais a sério, julgo que não existe um padrão uniforme, universal (até porque as medidas delas também variam - nas fantasias também) e o que nos resta é darmos o melhor uso possível ao que a natureza nos colocou entre as pernas. Se nos aplicarmos a sério, tenho fé de que elas até esquecem esse pormenor do tamanho...
Tags:
publicado por shark às 22:24 | linque da posta | sou todo ouvidos