INDESCULPÁVEL

rtp.jpg
Esta foto foi o Shark quem a tirou. Os senhores da rtp é favor terem tino nas mãozinhas.

Tomei conhecimento da situação no Comunicar a Direito, mas a história detalhada (e a proposta de actuação) encontra-se no (esse sim) serviço público que é o Apdeites.
Nunca escondi a minha repulsa pelo plágio e até já senti na pele os seus efeitos, mas quando este se verifica por parte da Comunicação Social o nojo aumenta de forma exponencial.
Custa a entender como os medíocres conseguem chegar tão baixo na exposição da sua falta de brio. Uma instituição como a RTP não pode albergar este tipo de parasitas e se existir alguma vergonha na cara dos seus responsáveis o autor ou a autora desta façanha deveriam ser liminarmente corridos para debaixo do muro de onde se esgueiraram algures.

O nosso colega do Caderno de Corda tem todo o direito de se sentir indignado e de exigir uma actuação decente por parte do canal televisivo que menos pode pactuar com este tipo de situação.

De resto, a Imprensa tem mesmo que aprender a ter mais respeito pela blogosfera e somam-se os exemplos em sentido contrário. Os nossos blogues, que concebemos por gosto e sem qualquer tipo de compensação financeira, não podem servir de muleta para os profissionais remunerados com falta de ideias próprias. E quando isso acontece é um imperativo moral citar a fonte, algo que qualquer jornalista deveria saber de forma instintiva, mesmo que o receio (não se ponham a pau, não...) ou o desprezo pelo trabalho que produzimos os induza a sentir que isto é o da joana.

Não é.

E cada vez mais serão expostos ao embaraço da divulgação da mediocridade que os caracteriza e às consequências em termos de perda de credibilidade e mesmo em termos legais que este tipo de baixeza justifica.
Tags:
publicado por shark às 12:51 | linque da posta | sou todo ouvidos