O DONO DO JOGO

gato escondido.jpg

Tijolo a tijolo, o indigente mental vai construindo uma reputação sobre as fundações daquilo que parece um palácio aos olhos de quem ocupa as barracas de madeira vizinhas. Promove-se enquanto constrói esquemas para que o promovam também.

E quem mais contribui são precisamente os seus detractores, levando a sério o cromo.
Provando afinal que fazem parte da mesma escola primária, básica, de meninas e meninos sem brinquedos que lhes ocupem o ócio e demasiado preguiçosos (ou mesmo incapazes) para aprenderem a brincar com outra coisa qualquer.
Tags:
publicado por shark às 09:41 | linque da posta | sou todo ouvidos