PESSOAS ASSIM

Acredito nas pessoas generosas, capazes até de abdicarem de si próprias em prol de alguém de quem gostam. Capazes de identificar os momentos certos para se transcenderem e conseguirem reunir as poucas forças que lhes restam numa atitude generosa e sensível.
Acredito nessas pessoas porque são as únicas que valem a pena, não reduzem ao paleio politicamente correcto a sua intervenção nas vidas dos outros. Intervêm de facto, proactivas, fazem a diferença com a exibição clara de que não vivem afogadas no seu umbigo colossal.

São pessoas que interpretam as dores dos outros e as tomam como suas, não se limitam a proferir (papaguear) afirmações que as envernizem aos olhos dos outros. São, não fazem de conta.
E nunca se limitam ao essencial, tentam ir mais além e merecem retribuição, merecem toda a estima que lhes dão em troca dessa oferta de si próprias nos momentos cruciais.
Valem pelo que são e não pelo que afirmam ser. Não são secas, de plástico, falsas emocionais. Têm garra, não a apregoam.

Tenho tido a grata experiência nestes dias de contar com gente capaz de me conferir mais atenção do que lhes mereci. Generosas na disponibilidade que encontram no seu tempo para nele me incluírem, honestas na franqueza que transparece das suas palavras e, acima de tudo, sensíveis às questões alheias ao ponto de as tornarem prioritárias (ainda que de aparente irrelevância, as questões e as pessoas) sobre todas as outras coisas que poderiam fazer nesse instante em que se dão.

Admiro pessoas assim.

E gostava de estar sempre à sua altura.
publicado por shark às 01:01 | linque da posta | sou todo ouvidos