Sábado, 31.05.08

LIKE A VIRGIN

notícias das quais temos que esforçar-nos para extrair o sumo optimista de entre tudo quanto nos ocorre de repente quando nos confrontamos com a reacção de chofre.

No entanto, confesso que depois de ter sabido esgotadas as 90 mil entradas para o Rock In Rio, a surpresa com a venda de 20 mil bilhetes para um concerto da Madonna em duas horas, sobretudo considerando que o espectáculo acontecerá a meio de Setembro, foi de facto muito relativa.
 
De resto já me tinha constado algures que um fã da rapariga tinha esperado nove horas(!) no local onde os bilhetes estariam à venda, o que prenuncia sempre uma enorme enchente nos eventos tão mobilizadores assim.
 
E se poderia olhar para o copo meio vazio da crise insultada com um despautério de consumo de prazeres à escala das dezenas de milhar de cidadãs e de cidadãos, a ideia que uma primeira análise associaria, posso também olhar para o copo meio vazio da crise fantasma que exibe o rabo escondido quando as notas e os cartões saltam alegremente de baixo do colchão para financiar uma desbunda qualquer.
 
Há notícias que bem espremidas podem escorrer aumentos dos combustíveis e ameaças de entrada em recessão global displicentemente ignorados pela leviandade dos foliões como, em alternativa, comportarem-se como torneiras de imperial e preencherem a metade vazia com uma espuma tão densa e tão alva que nos enchemos de fé na retoma e nos deixamos arrastar para tais nuvens.
 

E quando são notícias bem frescas, acabadas de ler, até conseguimos, mesmo num indisfarçável tom amarelo, obrigar a nossa boca a sorrir.

publicado por shark às 23:27 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (8)

AGORA APANHEI UM SUSTO...

De repente pareceu-me ter visto o Artur Albarran num canal qualquer...

publicado por shark às 21:20 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (17)

MANUELA FERREIRA LEITE GANHOU

O PSD ainda não sei.

publicado por shark às 20:52 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)

ALMA PORTUGA

futebol no estendal

Foto: Shark

publicado por shark às 17:41 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (5)

FOREVER YOUNG

Descobriu de repente as primeiras rugas no rosto dela e sorriu, encantado pela ideia de um amor tão profundo que apenas lhe exibia o lado que melhor servia os desígnios da paixão que tanto queria manter até ao fim dos seus dias.

Ocorreu-lhe a sabedoria popular que lhe dizia ser cego o amor, quem feio ama bonito lhe parece, e percebeu de imediato que nem sempre o povo tem razão, nas questões do coração como na óptica oftalmológica.
E acabou por perceber que afinal o amor afasta da visão aquilo que a perturba e só assim se consegue ver com clareza.
 
Na nitidez de cada ruga que viu com olhar de falcão redescobriu a paixão pela mulher com quem iria envelhecer essa certeza.
publicado por shark às 16:42 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (6)

ALTERNE NA CASA

Continuo a publicar a minha "escolha do produtor", o best of do que escrevi (sob a minha subjectiva bitola) e mais umas imagens ao acaso na Casa de Alterne.

 

Hoje fiz lá um repost acerca do amor.

publicado por shark às 12:56 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

EU GOSTO DE NOTICIÁRIOS

notícias frescas

Foto: Shark (a partir de imagens da RTPn)

publicado por shark às 11:56 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (9)

CADA UM COMO CADA QUAL

Exactamente como acontece na vida “lá fora” que aqui se reproduz, as coisas evoluem e quando chegam a um determinado patamar acabam por forçar algumas alterações que são, afinal, o espelho dessa mudança.

Naturalmente, nem todos vivemos, sentimos e pensamos as coisas da mesma forma e por vezes surgem as divergências que daí resultam, embora isso jamais possa constituir um óbice para as pequenas revoluções que se produzem de forma quase espontânea em tudo quanto envolve grupos de pessoas, ou comunidades, se preferirem.
 
Entendo a blogosfera como uma comunidade e não me faltam argumentos para justificar esta crença, nomeadamente a reacção instintiva que ontem mobilizou vários de nós em defesa do colectivo a que acreditamos pertencer.
Quando há pouco, na caixa de comentários de uma posta mais abaixo, um colega parodiou a necessidade de qualquer dia precisarmos de uma Ordem dos Bloguistas lembrei-me da polémica questão do provedor da blogosfera que surgiu como hipótese no cenário numa fase algo confusa da expansão blogueira e acabou trucidada pela argumentação exaltada dos que temiam a perda de alguma autonomia ou mesmo de parte da liberdade que (também) defendemos com as horas investidas nesta nossa expressão virtual.
 
É delicado o equilíbrio entre a preocupação legítima dos que nos sentem à mercê das reacções hostis dos vários poderes e que intuem indispensável alguma forma de organização ou mesmo de disciplina e, por outro lado, os que estão nisto na boa e rejeitam liminarmente alguma forma de controlo ou de regulamentação interna que lhes impõe uma “seriedade” a que muitos fogem precisamente no puro gozo de um blogue sem regras.
Estas são apenas duas faces antagónicas da realidade heterogénea que criamos, havendo lugar para uma infinidade de soluções propostas em função dos interesses e das perspectivas de cada pessoa que bloga.
Neste contexto, é ponto assente que qualquer solução consensual é por definição utópica.
 
Contudo, exemplos estrangeiros e episódios pontuais da realidade caseira alertam-nos para a dura verdade de que desta liberdade só usufruímos enquanto diversos poderes o quiserem pois, na prática, não é necessária qualquer proibição assumida para reinar sobre uma comunidade dividida por uma das suas características essenciais: a diversidade que reflectimos na variedade de conteúdos por essa blogosfera fora.
Além disso, começa a ser indisfarçável a diferença na atitude e na ambição entre quem bloga a sério e quem prefere blogar na paródia e essa segmentação natural cria uma clivagem que se confunde facilmente com um conflito de interesses.
E não há aqui nenhum esboço de elites blogueiras, de espaços superiores ou coisa que o valha. Há apenas a constatação de que cada um/a de nós aborda isto à sua maneira e cada opção implica um conjunto de pressupostos que nem sempre serve a todos da mesma maneira.
É assim em tudo o que somos na sociedade analógica que igualmente integramos.
 

A blogosfera é uma apenas. No entanto, nem todos/as a vivemos da mesma forma porque preenchemos diferentes necessidades e subordinamo-nos a uma multiplicidade de motivações que tem que ser reconhecida como positiva na diferença mas igualmente nas implicações, nos passos a dar rumo ao futuro que desejamos aconteça de forma a satisfazer todas as sensibilidades que aqui se protagonizam, nomeadamente nas condições a criar para quem seja mais sensível, por exemplo, ao apelo de uma retribuição financeira em troca de um trabalho capaz de cumprir determinado papel na informação, no entretenimento, na divulgação cultural, no debate livre das ideias e em tudo aquilo que produzimos para, como em qualquer outro suporte, ocupar o tempo das pessoas de uma forma positiva e enriquecedora.

publicado por shark às 00:43 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)
Sexta-feira, 30.05.08

ESTAS COISAS SENSIBILIZAM-ME...

Já tive mais apoio e reconhecimento em dois meses de charco sapolas do que em dois anos na plataforma anterior.

 

O Charquinho é destaque do SAPO e isso constitui em simultâneo motivo de orgulho e de estímulo para fazer o melhor de que sou capaz.

 

Tá-se bem aqui.

Continuem a adiar a mudança dos vossos blogues para aqui, deixem-se estar, e depois torcem a orelha...

publicado por shark às 22:45 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (17)

FLOWER POWER

branco mais branco

Foto: Shark

publicado por shark às 14:53 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (8)

MUDANDO DE ASSUNTO...

De quem quereria desmarcar-se o novo treinador do Benfica, o espanhol Quique Flores, quando alegadamente terá desabafado à Imprensa: "No es mi hermano!!!"?

publicado por shark às 14:34 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

ÚLTIMA HORA: MOITA FLORES APRESENTA O JARDIM DOS PERVERSOS

De acordo com email da Editora Guerra e Paz recebido há instantes no meu dispositivo secreto de controlo supremo (vulgo computador blogueiro), Moita Flores será o apresentador de um livro intitulado "O Jardim dos Perversos" no seu lançamento a acontecer no próximo dia 3 de Junho.

 

Fontes anónimas garantem que o título é da autoria do próprio e insere-se na sua estratégia subtil de denúncia do basfond cibernético (vulgo blogosfera).

publicado por shark às 12:42 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (10)

SÉRIE "A BLOGOSFERA DA SIC E DE MOITA FLORES" TOMO III

blogueira undercover

Foto: autor/a desconhecido/a

 

Legenda: Blogueira anónima típica com o ar suspeito do costume.

publicado por shark às 12:19 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)

SÉRIE "A BLOGOSFERA DA SIC E DE MOITA FLORES" TOMO II

sal e pimenta

Foto: autor/a desconhecido/a

 

Legenda: Retirado do Manual do Bom Pivot da SIC, Capítulo IV, "Perigos da internet - A ameaça blogueira"

 

publicado por shark às 11:30 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)

SÉRIE "A BLOGOSFERA DA SIC E DE MOITA FLORES" TOMO I

tico ou teco?

Foto: Shark

 

Legenda: Blogueiro/a anónimo/a a preparar um post de índole pedófila.

publicado por shark às 11:12 | linque da posta | sou todo ouvidos
Quinta-feira, 29.05.08

OS PERIGOS DA INTERNET E OS DA IGNORÂNCIA DE MOITA FLORES

Quem escreve esta posta sou eu, um blogueiro identificado por um nick mas que dá a cara e não teme fornecer qualquer dado que lhe diga respeito. E não temo porque não devo, como se comprova pelo facto de nem hesitar em chamá-lo ignorante com as letras todas.

A palavra exprime um conceito universal e é esse precisamente o que aplico às declarações do senhor Moita Flores, no decorrer de um noticiário da SIC que há pouco terminou.
A ignorância do senhor Moita Flores, que eu cito pelo nome para que o máximo possível de colegas de blogosfera tenham acesso às alarvidades proferidas pelo indivíduo em questão e que, de resto, tendo já currículo político e estatuto de figura pública é tão responsável como eu por aquilo que afirma do alto da sua pose de iluminado que intervenções como estas cobrem de uma insidiosa escuridão.
 
O senhor Moita Flores é apologista de um controlo apertado da Internet, argumentando com o lado mais negro da mesma (precisamente aquele que todos gostaríamos de ver erradicado). E assume-se como uma espécie de profeta da desgraça que a blogosfera poderá acarretar, referindo que tanto nos pode levar ao céu como ao inferno (precisamente aquele que muitos políticos e defensores do Estado policial reconhecem na livre circulação das ideias e das verdades incómodas para qualquer tipo de poder).
A ignorância de que acuso o senhor Moita Flores ilustro-a com duas das suas afirmações em directo na televisão.
 
Solitários profundos e narcisistas, pedófilos e terroristas
 
A primeira passa pela tipologia utilizada pelo senhor MF para caracterizar quem bloga: ou são pessoas que sofrem de profunda solidão ou pessoas muito narcisistas. Os rótulos em questão dizem bem da imagem que o senhor MF, na sua abençoada ignorância, criou de uma realidade que desconhece.
 
A segunda, mais grave e muito absurda, consistiu na afirmação que a SIC passou em rodapé e que passo a citar: o mais grave é a utilização de blogues por terroristas.
De acordo com a sumidade, os terroristas (e os pedófilos, teve o cuidado de acrescentar) recorrem a blogues(!) para comunicarem por intermédio de mensagens cifradas.
Nesse caso ou estamos a falar de terroristas ainda mais ignorantes na matéria do que o senhor MF e que ignoram a existência das vias de comunicação privadas, colocando ao alcance de milhões de olhares as suas cifras e arriscando a respectiva descodificação ou, em inevitável alternativa, o senhor MF falou para uma plateia de gente tão mal informada (ignorante) como ele e acenou um papão dos maiores para consubstanciar a sua opinião e assim conspurcar por tabela a blogosfera no seu todo.
 
Ou seja, a sua inteligência rara e fontes de conhecimento que não passam certamente pelo próprio objecto de estudo bastam-lhe para afirmar na televisão aquilo que me confere o direito de o chamar ignorante (nesta área específica, não se melindre) pois é esse o nome que aplicamos a quem fala acerca do que não sabe e tem o azar de escolher a versão mais disparatada para o fazer.
 
Gente de bem, na maioria, como tantos anos e pessoas comprovam
 
A blogosfera é feita por todo o tipo de gente, ignorantes também. Mas tal como nem todos os comentadores da SIC são criaturas ultrapassadas e armadas ao pingarelho para não darem parte de fracas, nem todos os cidadãos que usufruem da liberdade que o senhor MF gostaria de limitar encaixam no perfil do perigoso potencial que o senhor MF se habituou a traçar (esperemos que com maior rigor) nos tempos idos da sua passagem pela Polícia Judiciária.
 
Nada do que aqui publico acerca do senhor Moita Flores é falso, pelo que calúnia não será. Nem o difamo, pois apenas dou conta daquilo que vi como alguns milhares de cidadãos e limito-me a definir a coisa chamando-a pelo nome que melhor se aplica a tudo o que citei.
 
Mas tenha o senhor Moita Flores a certeza de que a sua apetência pelo controlo político da blogosfera por interposto braço (o longo, da Lei), porque é disso que se trata, será uma causa perdida enquanto a Democracia que sustenta a nossa liberdade de expressão tiver algum significado em Portugal.
 
Agora processe-me, que eu posso ser um perigoso narcisista pedófilo, muito solitário e com tendências bombistas.
 

E ignorante é mesmo o mínimo que posso afirmá-lo, considerando o que para mim está verdadeiramente em causa nas entrelinhas e nas possíveis repercussões das suas mal informadas e levianas afirmações.

publicado por shark às 22:39 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (38)

QUE NÃO NOS FALTEM...

alternativas

Foto: Shark

publicado por shark às 18:10 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (2)

TUBARÃO RIMA COM QUÊ?

Tinha prometido a mim mesmo que blogues colectivos jamé. Contudo, como o futuro aeroporto de Alcochete comprovará, jamé pode ser um conceito muito flexível e, por isso mesmo, susceptível de um gajo lhe dar a volta em função das circunstâncias.

E a circunstância é a de uma minha pupila destas andanças, uma das minhas duas afilhadas blogueiras, ter subido na vida e agora passar a líder, chefe e patroa de um blogue que começou a solo e foi convertido num moche à cabra, numa geraldina palavreira.
 
Claro está que a jovem em causa sentiu de imediato o apelo irresistível de poder contar com o tubarão nesta empreitada tudo ao molho, até porque tubarão rima com cabrão e é esse agora o meu novo papel enquanto membro viril de um grupo que, como já referi à mentora, padroeira e signatária do espaço, só peca pelo desequilíbrio demográfico (gajos a mais) que muito me apoquenta.
 

Bom, e embora ainda não tenha disponível um texto de inauguração para abrilhantar a coisa recomendo-vos então que actualizem os favoritos pois a Cabra de Serviço deu-me a chave da porta e de vez em quando apanham-me lá a abardinar a cena com os disparates a que vos habituei.

publicado por shark às 10:37 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (14)

UM DIA EM CHEIO

Um decote maravilha. Uma banhada. Um beijo da minha filha. Uma agradável surpresa. Um barrete enfiado. Uma reunião marcada. Um cozido à portuguesa. Uma verdade em cima da mesa. Um convite inesperado. Uma resposta encorajadora. Um voto de confiança. Uma oportuna cobrança. Um olhar apaixonado. Uma foto bem tirada. Um poema secreto. Uma boa gargalhada. Um cliente satisfeito. Uma esperança confirmada. Um duche prolongado. Uma história sem pés nem cabeça. Um ocaso promissor.

publicado por shark às 00:06 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (8)
Quarta-feira, 28.05.08

CONSIDERANDO O ESTADO DA TERRA E O FUTURO PREVISÍVEL...

...A chegada de uma sonda a Marte pode vir a revelar-se um dos momentos mais importantes de sempre para a Humanidade.

 

Por favor, avisem-me quando puserem terrenos à venda.

publicado por shark às 11:42 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (6)

DESCULPEM, SABEM DIZER-ME O CAMINHO PARA NENHURES?

conversa com as ovelhas

Foto: Shark

publicado por shark às 10:13 | linque da posta | sou todo ouvidos

O JAMES DEAN DA ADVOCACIA

Ainda é cedo para avaliar a consistência do polémico Bastonário da Ordem dos Advogados, mas tendo em conta o seu braço de ferro com uma classe tão arrogante e poderosa como a dos magistrados há uma coisa que salta à vista:

 

António Marinho tem-os no sítio.

publicado por shark às 09:47 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (6)

CITAÇÃO DE TUBARÃO

Qualquer desilusão serve apenas para nos recalibrar o evidente excesso nas expectativas criadas.

publicado por shark às 09:39 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (5)
Terça-feira, 27.05.08

MIND GAMES

Amor sem sexo é como um jogo de futebol bonito e cheio de oportunidades de golo mas que acaba empatado a zero.

 
Sexo sem amor é como um jogo de xadrez onde ficamos muito satisfeitos por comermos a torre mas dá-nos a ideia de que seria ainda melhor se tivéssemos comido a rainha.
 
Amor com sexo é como um jogo de sueca onde os dois parceiros repartem a totalidade dos trunfos.
 
Sexo com amor é como um jogo de dominó onde os praticantes encontram sempre forma de encaixar todas as peças.
 
Amor com ciúme é como um jogo de monopólio onde ninguém aceita trocar propriedades com os outros e alguém preferia que outrem nunca saísse da casa de partida.
 
Amor sem ciúme é como um jogo de computador no qual podemos optar por diversos caminhos ou permanecer sempre no mesmo sem que nenhuma dessas escolhas nos impeça a conquista do objectivo fulcral e jamais constitua o pretexto para uma eventual desistência.
publicado por shark às 23:14 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (9)

ENTARDECER

lua diurna

Foto: Shark

publicado por shark às 20:57 | linque da posta | sou todo ouvidos | cuscar sem medos (4)

Sim, sou eu...

Mas alguém usa isto?

 

Postas mais frescas

Para cuscar

2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

2005:

 J F M A M J J A S O N D

2004:

 J F M A M J J A S O N D

Tags

A verdade inconveniente

Já lá estão?

Berço de Ouro

BERÇO DE OURO

blogs SAPO