A posta numa alternativa biruta

O porta-voz do PS falou hoje na tv e reafirmou a apresentação de uma moção de censura ao Governo na próxima semana. Por mim, tudo bem.

Contudo, o mesmo porta-voz do PS confirmou o pressuposto de que os socialistas só tencionam chegar ao poder por via eleitoral. Consigo respeitar essa posição, embora me soe estranha no contexto de aflição nacional.

Mas a cereja no topo do bolo, aquele pormenor que há sempre um que me faz perceber que de política não percebo nada, é que o PS justifica a sua moção de censura como uma forma de exigir um governo diferente do actual, presumo que nas pessoas como nas políticas.

Aí eu fico a olhar como o boi para o palácio enquanto rumino a minha incompreensão:

então mas se uma moção de censura visa, para todos os efeitos, derrubar determinado Governo e o PS reclama precisamente um novo Executivo (que só pode, sem eleições, ser de nomeação presidencial e terá que ter em conta a actual composição parlamentar para criar uma base de apoio sólida e que não pode contar com o PS que só quer o poder como resultado eleitoral), então o PS vai apresentar uma moção de censura para pressionar o Cavaco (o Cavaco!!!) e criar as condições para que se possa empossar um novo Governo de Direita constituído por pessoas da confiança do Presidente?”.

publicado por shark às 15:38 | linque da posta | sou todo ouvidos