É TEMPO DE AVANÇAR

caminho de volta

Foto: Shark

 

 

Um futuro suspenso. Como todos os futuros, aliás. Capazes de trazerem uma paz duradoura ou antes uma guerra destruidora da qual sabemos à partida que não sairemos vencedores.

 

A todo o tempo sinais encorajadores que alimentam a esperança e outros, insidiosos, que aumentam a desconfiança, perigosos, e nos mantêm alerta para o inimigo que espreita fardado pelo azar, meros indicadores para irrelevantes previsões acerca do que nos espera a seguir, no futuro suspenso, por vir, que observamos à distância de um simples até já.

 

Pode ser por aqui, pelo caminho que escolhi, podia ter sido por lá, pela alternativa rejeitada. A decisão está tomada quando o tempo passou e o futuro chegou travestido no presente que é vivido também em função dos factores aleatórios que mesmo os sinais premonitórios não conseguem adivinhar.

 

O futuro suspenso ali, no limbo. Como um bloco de cimento capaz de nos esmagar ou como um pote de ouro à espera de ver onde o arco-íris beijará a terra numa tarde encharcada por aguaceiros de Primavera.

 

E este tempo que espera o futuro em suspensão é um presente envelhecido devagar porque se viu ultrapassado por amanhãs cheios de pressa para chegar.

publicado por shark às 14:53 | linque da posta | sou todo ouvidos