UM TÍTULO E UMA TAÇA. E AINDA PODE HAVER MAIS...

Em vinte jogos disputados com o FCP esta época, o meu Benfica ganharia um.

Azar, a época nunca mais acaba e já ganhámos o tal que havia a ganhar...

 

Não vale a pena dizer mais do que isto: a diferença entre o Porto e o Benfica é maior do que a que existe entre o Benfica e o Rio Ave, por exemplo.

Omeletas sem ovos, são a eterna ambição do meu Glorioso. E esforçamo-nos, e até ganhámos um título no meio da confusão e tudo, com uma equipa de jogadores medianos e dois ou três magníficos que jogam sempre em desvantagem numérica.

 

Para um benfiquista é muito desconfortável constatar, no nosso "inferno", que os diabos são azuis e brancos e irem lá buscar-nos o título e a taça são factos contra os quais não há mesmo conversa de treta de dirigentes fraquinhos que consiga disfarçar.

O FCP joga noutro patamar e por esta época já chega de folclore verbal e mais vale assumirmos de novo a velha e cada vez mais habitual máxima do "pró ano é que é...".

publicado por shark às 22:54 | linque da posta | sou todo ouvidos