Dia de Violetas

jardim de violetas.jpg
aqui


O dia, hoje, cheira-me a violetas. A sério.
Há um cheiro a violetas que nasce das pedras, se entranha na pele das minhas mãos e me embriaga os sentidos. Pareço um cachorro ou perfumista, a farejar o ar à procura da fonte do mistério.
Não sei se, durante a noite, um bando de gnomos mágicos munidos de baldes minúsculos e panos de limpeza, lavou as lajes e os troncos das árvores, sacudiu poeiras e rancores, arejou recantos esquecidos e perfumou de violetas o dia que nascia.
Não sei.
Mas aspiro com deleite o aroma e a alquimia com que amanheceu o meu dia.

Mar


eu tou cá desconfiada que, o culpado disto tudo é um sabonete líquido novo que comecei a usar mas não digam nada a ninguém...
publicado por shark às 09:01 | linque da posta | sou todo ouvidos