JESUS À SCOLARI

Tal como aconteceu com o antigo seleccionador nacional, Felipe Scolari, o treinador do meu Glorioso espetou uma galheta na cara de um jogador adversário no final da partida com o Nacional da Madeira.

Na sua justificação, e mais uma vez tal e qual o castiço brasileiro que nos fez perder um Europeu, alegou estar a defender os minino (no caso concreto, alegadamente era Jara o benfiquista em perigo...) e por isso não é de estranhar que Jesus não tarde a pedir que a malta meta bandeiras do Benfica nas janelas.

publicado por shark às 00:05 | linque da posta | sou todo ouvidos