SÃO MOITAS, SENHOR, SÃO MOITAS

Via Bitaites tomei conhecimento de um importante acto de contrição por parte de um dos mais radicais e alucinados comentadores televisivos em matéria de blogosfera. O Moita Flores que via na blogosfera um meio de comunicação de terroristas e assumiu perante câmaras de televisão as suas visões paranóicas deste fenómeno que visto de fora pode intimidar (sobretudo políticos em início de carreira), esse mesmo, acaba de acertar na testa da coerência com um Projéctil todo modernaço e tudo (sem cê).

 

 

E para homenagear este nosso novo colega, esta ovelha tresmalhada que ou encontrou o caminho para a luz ou está a trabalhar undercover para o SIS na investigação de alguma célula da Al-Qaeda, este arrependido virtual, nada melhor do que lincar com insistência aquele que poderá tornar-se no Pacheco Pereira for dummies da blogosfera (até tem caixa de comentários aberta para não nos obrigar a postar para podermos dizer mal dele).

É caso para citar o povo quando diz que só os burros não mudam de opinião. E mesmo entre eles consegue-se sempre encontrar uma honrosa excepção, acrescento eu.

 

Podem então apontar para AQUI e descobrirem como a blogosfera tem o imenso poder de os converter à causa (daí ao fabrico artesanal de engenhos explosivos que se possam enviar por email é um passinho...). Só é preciso um nadinha de paciência e não, não é paciência para os converter.

É mesmo para os conseguirmos aturar depois.

publicado por shark às 14:04 | linque da posta | sou todo ouvidos