A VIDA COMO ELA É

Como consequência de ser um fracasso enquanto mercador tive no passado que pedir emprestado para garantir a manutenção da minha vida de cidadão integrado na sociedade (o que quer que isso signifique).

Contudo, no presente constato que liquidei sempre as minhas dívidas mas quando olho para o futuro não vejo portas onde bater em caso de aflição.

Tags:
publicado por shark às 14:44 | linque da posta | sou todo ouvidos