HÁ DIAS ASSIM

Hoje toda a gente parece querer falar-me com frieza, com distância ou com duas pedras na mão.

E quando isso acontece, a minha consciência pouco tranquila quanto ao feitio de treta e ao discurso trapalhão agita-se sempre numa reacção de medo, de insegurança ou de simples troco na proporção (mais ou menos).

 

Por isso não posso, de todo, afirmar que o dia está a correr bem.

publicado por shark às 15:07 | linque da posta | sou todo ouvidos